NOVAK DJOIC: Os títulos não justificam arriscar a vida com a vacina Covid

Berrettini está fora de Wimbledon após testar positivo para COVID-19

Marcela Linhares
Publicado em 28 de Junho de 2022

Italiano era um dos principais favoritos a vencer o título

Após ter testado positivo para COVID-19, Matteo Berrettini se retirou de Wimbledon. O anúncio veio por uma de suas redes sociais comentando que teve sintomas de gripe e esteve isolado nos últimos dias. O italiano foi o segundo a desistir do torneio por conta de um teste positivo após Marin Cilic ter se retirado do evento na segunda-feira (27).

Na publicação, Matteo acrescentou que os sintomas não eram severos, mas que decidiu que era importante realizar outro teste para proteger a saúde e segurança dos outros competidores além de todos que estão envolvidos no torneio. Por fim, disse não ter palavras para descrever o quanto está desapontado, que o sonho foi embora este ano, mas que voltará ainda mais forte.

O italiano era um dos principais favoritos ao título já que, desde seu retorno às quadras, estava invicto com nove vitórias e conquistou dois títulos na grama: Stuttgart e Queen’s

Matteo estava há quase três meses fora do circuito depois que lesionou a mão direita e precisou passar por uma operação.

Na edição passada do Grand Slam britânico, Berrettini foi vice-campeão em decisão que perdeu para Novak Djokovic.

Com o torneio não valendo pontos, o italiano vai cair bastante do ranking e vai ocupar a 15ª posição na próxima atualização.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.