TEMPO DE AGIR! Revolução contra a Agenda Globalista de Redução da População (Greg Reese)

Os protestos de agricultores holandeses contra as políticas ambientalistas impostas pelo atual governo estão se intensificando. O primeiro-ministro do país, Mark Rutte, pretende reduzir as emissões de óxido de nitrogênio em 95% até 2030. Esse composto químico gasoso provém especialmente do esterco e da urina de bovinos, suínos e outros animais, mas também pode ser observado no uso de amônia em fertilizantes.

Os agricultores alegam que essa medida resultará na extinção de pelo menos 30% das fazendas holandesas. Isso porque os trabalhadores rurais poderiam ser proibidos de usar fertilizantes e teriam de reduzir o número de animais em suas propriedades. A insatisfação dos manifestantes também se justifica pelo fato de as medidas de redução de nitrogênio não serem impostas a outros setores da economia, como o da indústria aérea.

De acordo com o portal DW, a Holanda tem quase 55 mil empreendimentos rurais, que somaram exportações de € 94,5 bilhões em 2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.